A festa da música de regresso ao Norte

A dois passos do Porto, o município de Gondomar vai voltar a acolher nos próximos dias o “VI Festival Internacional de Música de Plectro” no fim de semana de 12 e 13 de outubro, e termina no dia 18.  Serão cinco concertos em três dias de festa da música. 

“Um cartaz muito bem recheado, com música para todos os gostos”, é assim que define o festival o seu diretor artístico, António de Sousa Vieira. No dia 12, haverá música ao longo da tarde vinda do Brasil (“Choro das três”), música clássica por dois dos mais virtuosos guitarristas europeus (“Duo Kontaxakis-Ivanovic”), música barroca por um grupo especialista vindo do Luxemburgo (Artemandoline Baroque Ensemble) e ainda a arte exótica do grande virtuoso japonês Yasunobu Inuoe no dia 13. Mas o festival termina apenas no dia 18, com um concerto da Orquestra Portuguesa de Guitarras e Bandolins, dirigido pelo maestro japonês, num programa intitulado “Oriente & Ocidente”, com um programa que pretende unir os dois mundos, sobretudo em ano de celebração da viagem de Fernão de Magalhães.

Nas palavras do diretor artístico, António Vieira, trata-se de “um festival realmente eclético, que tem crescido de ano para ano, com mais apoios, visibilidade e projeção, e este é o mais ambicioso de todas as edições”. Um festival único em Portugal, que quer promover a música de plectro, mas que quer oferecer, sobretudo, “espetáculos de grande qualidade musical, através destes grupos vindos dos quatro cantos do mundo, que irão encher Gondomar de orgulho”, realça ainda o diretor artístico.

Este festival é organizado pela Associação de Plectro em conjunto com a Câmara Municipal de Gondomar e, este ano, a 6ª edição do Festival conta com “o maior apoio de sempre por parte do pelouro da cultura, cujo apoio e confiança só podemos louvar e agradecer”, faz questão de salientar António Viera, que termina deixando o convite: “Venham a tarde toda e assistam a esta maratona da música”.

Com entrada livre em todos os concertos, este festival pretende chamar a Gondomar todo o público que goste de boa música. Para quem não tiver a oportunidade de se deslocar a Gondomar no dia 18, fica o convite para assistirem ao mesmo concerto no Museu da Música, em Lisboa no dia 19, às 18H00.

PressKit

FIMPorienteeocidente.jpg